Qual a importância da rotina de limpeza no condomínio?


Manter um padrão de conservação traz vários benefícios, além de agradar todos os moradores. Mas como manter esses ambientes conservados, principalmente em condomínios maiores?

limpeza no condomínio
Imagine que você vai locar ou comprar um apartamento ou uma casa em condomínio fechado. Você já visitou o imóvel e a área privativa lhe agradou muito, agora chegou a hora de conhecer as áreas comuns.

Quais são as primeiras coisas que você nota? Provavelmente você respondeu conservação e limpeza no condomínio. Muitas pessoas pensam da mesma forma, por isso, gestores e síndicos precisam ficar atentos à rotina de limpeza no condomínio.

Manter um padrão de conservação traz vários benefícios, além de agradar todos os moradores. Mas como manter esses ambientes conservados, principalmente em condomínios maiores? Confira a seguir algumas dicas para manter o condomínio limpo sem complicações.
 

Não é só um chão limpo

A limpeza no condomínio vai muito além de manter os pisos limpos e sem lixo. A limpeza envolve um planejamento muito bem executado que deve conter o gasto financeiro e de tempo com esse serviço, além da equipe responsável pela execução e produtos que devem ser utilizados em cada local.

A limpeza no condomínio também envolve gestão de pessoas, de serviços e de equipe. É preciso organizar um cronograma com a periodicidade que cada espaço deve ser limpo, relação de produtos e quantidades a serem utilizadas. Limpeza envolve criação de procedimentos e padronização de serviço.
 

Dicas de produtos para limpeza no condomínio

Produtos e quantidades utilizadas são sempre um ponto de cautela, até mesmo na limpeza doméstica. Afinal, trocar de produto ou não ter um padrão do que é utilizado ode causar manchas e danificar as superfícies e gerar desperdício de produtos e, consequentemente, de dinheiro.

Os produtos para manter a limpeza no condomínio vão desde o cheirinho no banheiro até o cloro para lavar pisos e calçadas.

Opte por produtos concentrados e em grandes quantidades. Dessa maneira é possível economizar em refis e embalagens, assim como evita o descarte frequentes de embalagens. Adotar essa prática reduz a quantidade de o gerado e contribui para a diminuição dos gastos e a redução dos danos causados ao meio ambiente.
 

Funcionários do condomínio ou empresa terceirizada?

Esse é um dos tópicos que mais divide opiniões, pois alguns acham que o que costuma das mais problema e dor de cabeça são as documentações de funcionários. Outros acreditam que o valor dos serviços terceirizados não é condizente aos serviços prestados.

Contratar uma empresa de serviços especializados traz a vantagem da rapidez na implantação, sem preocupação com treinamento de equipe, distribuição de materiais de segurança e com gestão de equipe. Por outro lado, contratação de profissionais próprios do condomínio permite uma aproximação com o contratado, além gerar mais empatia entre condômino e funcionário.
 

Confira um modelo de roteiro de limpeza a seguir:

Limpeza diária: Elevadores, banheiros, hall de entrada, academia (se tiver), calçadas e vestiários devem ser limpos diariamente devido ao alto fluxo de pessoas por serem os primeiros espaços que visitantes olham.

Limpeza quinzenal: Porta, janelas, espelhos e pisos de madeira, salas de máquinas e portaria. Esses locais, principalmente os locais que possuírem portas ou janelas de vidro. Afinal, ninguém quer olhar pela janela e parecer que tudo está embaçado, não é mesmo?

Uma vez ao mês: esses são locais que requerem limpezas pesadas, mas menos frequentes. Uma dica é intercalar o que fará em cada dia para não sobrecarregar sua equipe de limpeza no condomínio. Entre os locais inclusos nessa periodicidade podemos citar as garagens, salões de festa, escadas de emergência, salões de festa e calçadas externas.

Gostou das nossas dicas? Continue acompanhando o blog do CondoBrasil para acessar dicas imperdíveis para otimizar a gestão e as finanças do seu condomínio! Está em dúvida sobre a contratação de uma empresa para prestação de serviços? Clique aqui e saiba tudo sobre a terceirização em condomínio.