Manutenções corretivas, preventivas e preditivas: você sabe a diferença?


Para que tudo funcione perfeitamente é preciso manter um cronograma de manutenções, seja em um carro, equipamentos eletrônico…e com o seu condomínio não é diferente. Para “manter a casa em ordem” é essencial contratar uma empresa de manutenção predial de confiança. Mas você conhece todas as modalidades de manutenção? Sabia que existem vários tipos de manutenções necessárias para o seu condomínio? Entre elas podemos citar a manutenção corretiva, preventiva e preditiva. Neste post vamos mostrar a diferença entre cada uma delas.

Manutenção corretiva: o que é?

O primeiro tipo de manutenção que iremos falar é a corretiva, que será feita quando algo apresentar defeito ou avarias.

Normalmente é relacionada à restauração de um equipamento ou conserto predial. A manutenção corretiva costuma ser associada a ações de emergência, pois são realizadas após o problema ocorrer.

Esse tipo de manutenção deve estar sempre no radar dos gestores, pois costumam dar prejuízos e causar “buracos” no orçamento, pois exige ações rápidas e dispõe de pouco tempo para busca de cotações e pesquisas de mercado.

Trabalhe para reduzir esse tipo de manutenção.

 

Identificado a manutenção preventiva

Esse tipo de manutenção é crucial para qualquer negócio, pois ele é pensado de maneira estratégica e antecipa o problema.

Por isso, é necessário um planejamento rigoroso e intervalos bem definidos para que esse processo contínuo auxilie a gestão do condomínio a manter um alto rendimento e evite o desgaste predial e do maquinário.

 

Manutenção preditiva é sinônimo de plena atenção

A manutenção preditiva é constantemente confundida com a preventiva, pois ambas se antecipam ao problema.

No entanto, a preditiva é baseada em inspeções regulares, alta observância nos padrões de funcionamento e desempenho de cada área do condomínio.

Essa manutenção avalia as condições reais e não apenas previsões e cronogramas de manutenção (como faz a manutenção preventiva).

 

Qual a melhor escolha para o condomínio?

Você teve acesso a todas as informações e já sabe a diferença entre cada tipo de manutenção.

Agora ficou mais fácil de escolher qual a melhor opção para o seu condomínio, porém, ainda temos algumas dicas importantes que irão te ajudar na tomada de decisão.

O investimento em manutenções costuma ser alto e por isso é preciso avaliar qual a melhor forma de reduzir esses custos.

A manutenção preventiva costuma ser a mais vantajosa e a mais escolhida por gestores.

Reparos escassos podem reduzir a durabilidade estrutural e de equipamentos, tornando o custo ainda mais alto que a própria manutenção, além do valor da troca do material.

Para quem deseja maior segurança com as manutenções, é possível escolher estratégias que aliem essas duas técnicas.

 

Saiba mais dicas para o seu condomínio acessando o blog do CondoBrasil!
Toda semana temos novidades e oportunidades de melhorias para a gestão predial.