Playgrounds em condomínios: conheça as regras e os cuidados necessários


Para quem tem ou para quem planeja ter filhos, na hora de escolher um apartamento um dos pontos que mais pesa é se existem playgrounds em condomínios.

playgrounds em condomínios
Para quem tem ou para quem planeja ter filhos, na hora de escolher um apartamento um dos pontos que mais pesa é se existem playgrounds em condomínios.

Isso porque esse espaço será amplamente utilizado pelos pequenos. Mas quando esse local de lazer existe, você sabe avaliar se ele está em boas condições e quais os cuidados de manutenção são necessários para que ele seja seguro para as crianças?

Confira agora uma série de dicas sobre os cuidados imprescindíveis e as regras de utilização desses espaços.
 

Como orçar playgrounds em condomínios?

Se o seu condomínio ainda não possui esse espaço e os condôminos aprovem a implantação de um playground, saiba que é preciso tomar alguns cuidados antes mesmo de solicitar um orçamento.

Primeiramente, faça a medição do local para saber exatamente a metragem disponível. Feito isso, conheça as normas 14350 1 e do da ABNT, essa norma é essencial para quem deseja escolher brinquedos e sua forma de montagem.

Peça orçamento para três empresas diferentes e questione se os materiais utilizados atendem as normas e se são produzidos com materiais atóxicos.
 

Caixas de areia: ter ou não ter?

Quando o assunto é sobre playgrounds em condomínios esse é um assunto bastante polêmico.

Há quem diga que o uso de areia nesses espaços é prejudicial para a saúde das crianças, pois pode atrair gatos (que fazem suas necessidades em caixas de areia), insetos, roedores e outros animais. Mas, para aqueles que acreditam que a areia é um estímulo tátil para os pequenos e que deve estar presente em playgrounds em condomínios, existem produtos capazes de higienizar esses locais.

Já existem no mercado produtos atóxicos capazes de eliminar vermes, fungos, vírus e bactérias, esterilizando areias e solos.

Outra opção é a utilização de uma areia atóxica, de fácil limpeza e que não atrai gatos, roedores e insetos.
 

Preservação e segurança de playgrounds em condomínios

Esse é um ponto muito importante e capaz de prevenir uma série de acidentes. Os cuidados com a segurança dos playgrounds são imprescindíveis para garantir o bem-estar das crianças, por isso o local deve estar na lista de inspeção diária dos funcionários.

Verifique se existem parafusos soltos ou frouxos, focos de ferrugem e pontos de tinta descascando. Adote a manutenção preventiva, verificando os brinquedos e todo o ambiente em que eles foram instalados. Alguns fabricantes fazem a inspeção anual dos seus produtos, verifique se a marca fabricante do playground do seu condomínio realiza esse tipo de inspeção.

Caso surja um problema ou defeito, os moradores devem avisar o zelador ou o síndico imediatamente. Instale pisos emborrachados na área do playground, pois amortece o impacto de possíveis quedas.
 

Regras de utilização do espaço

Por fim, confira algumas regras básicas que auxiliam a otimizar o uso desse espaço. Um item simples que ajuda a manter playgrounds em condomínios limpos é não permitir alimentos nas imediações dos brinquedos.

Restos de alimentos causam mau-cheiro, atrai insetos e roedores, além de ocasionar problemas de saúde, principalmente em crianças pequenas que colocam as coisas na boca.

Estabeleça horários de funcionamento do espaço e defina que as crianças só devem frequentar playgrounds em condomínios acompanhados de um adulto. Fixe um aviso com os horários e regras em local visível a todos.

Leia também: Como lidar com o barulho de crianças no condomínio?

Essas dicas ajudam a manter um local saudável para as crianças e também para quem acompanha os pequenos durante as brincadeiras. Esperamos ter respondido algumas das suas dúvidas. Fique atento ao blog Condobrasil para ter muito mais informações sobre condomínios.